Análise: The Walking Dead 4° Temporada 1° parte

A Review corresponde aos ep. 1 à 6.

Durante os episódios ficaram metade deles matando zumbis na cerca. A câmera mostrada tinha sempre o mesmo número, além de que com o tempo que gastaram pondo madeira na cerca eles teriam matado os zumbis que estavam ali (outra, nenhuma gripe mata daquele jeito desde gripe espanhola). Mas o mais triste foi a cena dos porcos em que seria mais sensato amarrar o porco vivo no trator. Sangrando e fazendo barulho iria atrair os zumbis, sendo o jeito que eles fizeram totalmente falho.

O fato da 12 na cela do doutor não estar carregada foi triste, na verdade o fato do velho já não estar com uma arma na cintura foi muito triste, poxa, até o Carl tem tinha uma arma!
Ele esperar os zumbis saírem da visão da criança para atirar foi desnecessário, pois depois de tudo que aquelas crianças já passaram e viram não seria traumatizante alguns tiros. Quererem levar os zumbis para outro cômodo foi claro sinal de tentar humanizar o personagem e dar sensação de perigo. O perigo real era as celas não estarem trancadas, sabendo do perigo de acontecer justamente o que aconteceu.

O que me chamou atenção no ep. 6 foi o fato dos capangas do governador não terem se revoltado e o matado ali mesmo, afinal o cara acabou com todos os membros da comunidade (não é possível que pelo menos um dos dois não tivessem amigos e até talvez interesses românticos em potencial entre os mortos). Até  há a desculpa de terem ficado chocados demais para tomar qualquer medida, e posteriormente, no acampamento não matarem pois viram que ele estava “desgostoso com a vida e praticamente suicida” (pois nem tentou se livrar do zumbi que ia em sua direção) concluindo que ele logo morreria por si só e não valeria o desperdício de uma bala.

 

Nota: 3.5/10

 

PS: O que mais me revoltou foi o que ouvi de uma fã da série quando comentei sobre estes graves erros e a resposta foi do mesmo nível de talento do roteirista que escreveu estes episódios: “Ah mas é Walking dead . É legal, não olha essas partes!” Não cheguei a falar isto para ela mas pensei: O roteirista faz um trabalho relapso , faz um monte de bobagem e eu tenho que não olhar as cenas que o cara faz as merdas só porque o titulo é “the walking dead”? Até onde sei não é assim que funciona ou,  não é como devia funcionar. Com esse pensamento vou só chegar no meu  TCC e falar “só não leiam as partes ruins porque é o TCC do Mr Video Game”, ou só porque tem titulo tal (hehe).

 

 

mrvg-recruta (1)

Comentários

Sem Spoiler Por favor.