Lei que proibiria Games ofensivos no Brasil é morta no Senado Brasileiro

O projeto de lei que estava adormecido desde 2006 e que subtamente acordou inesperadamente quando recebeu 2 votos a favor no senado foi extinta curiosamente pelo próprio criado o senador Raul Valdir Raupp
 que envio um solicitação ao presidente do Senado(José Sarnei) para que o retirasse da pauta de votação(ou seja matasse o projeto)
Para justificar sua ação Raupp  afirmou”aprovação do projeto poderia inviabilizar totalmente o comércio de jogos eletrônicos no Brasil,o que seria extremamente nocivo e poderia ferir a liberdade de expressão.”
E segundo a fonte o projeto faria interferência com acordo de liberdade intelectual que o Brasil assinou.

Fonte: gameworld

Lembrando que o projeto de lei visava criminalizar a importação e comercio de games considerados ofensivos “aos costumes e às tradições dos povos, aos seus cultos, credos, religiões e símbolos”.

Related Posts

  • 55
    Derrubado Projéto de Lei Contra Games Violentos em Estado AmericanoO prójeto de lei que visava proibir a venda  jogos violentos para crianças(menores de idade) no estado da Califórnia foi derrubada no dia 27/06 na Suprema Corte por 7 votos  a 2.afirmando que os games estão sob a proteção da 1° emenda junto com os livros e filmes.E o queixoso…
    Tags: que, de, lei, a, no, games, proibir, noticias, planet, xbox

0 comentário em “Lei que proibiria Games ofensivos no Brasil é morta no Senado Brasileiro”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *