Review: Sobrenatural (Supernatural) 9ª Temporada – 1°Parte

Sobrenatural volta com sua nona temporada. A série dá continuidade à partir da tentativa (frustrada) dos irmãos Winchester de selar para sempre as portas do inferno ajudados por Kevin, intérprete da placa dos demônios. Após Dean saber que  Sam morreria, caso completasse a última etapa dos três testes para fechar o inferno, ele o impede para tentar salvá-lo. Neste momento no paraíso, Castiel é traído pelo Escriba de Deus e tem sua graça tirada e usada para e expulsar todos os anjos do paraíso, causando literalmente uma chuva de anjos na terra.

Logo de cara, a nova temporada apresenta Sam entre a vida e a morte devido aos testes e Dean se vê desesperado para trazer seu irmão de volta, recorrendo (claro) a Castiel sem saber que o mesmo agora é um simples humano. Sem a resposta esperada, Dean recorre a qualquer anjo disposto a ajudar, enquanto isso Castiel amarga a sua humanidade. Para piorar ele está sob perseguição dos anjos na terra, que o acusam de ter provocado suas quedas do céu. Kevin está protegido no bunker dos Homens de Letras onde também está aprisionado o rei do inferno Crowley, um dos melhores personagens da série (e continua ótimo).

Sobrenatural sofreu fortes modificações após sua quinta temporada, onde a série terminaria originalmente e, depois da desastrosa sexta temporada a história tomou rumo e ficou um pouco melhor. Mas o que se nota nesta nona temporada (por enquanto) é a falta de ação, perdeu-se um pouco a veia de série investigativa deixando tudo muito fácil de deduzir (nada que a estrague, ainda, mas se continuar neste ritmo, a temporada pode se tornar mais um desperdício).

ATENÇÃO! SPOILER:

1- Dean é ajudado por um anjo, Ezequiel, um dos raros anjos bons da série. Após ajudar Dean numa luta contra anjos e demônios, Ezequiel fica muito fraco e ferido e propõe usar Sam como casca para assim curá-lo enquanto se cura dentro dele. Dessa forma Sam volta, mas não tem consciência de que tem um anjo dentro de si dividindo seu corpo e Dean decide por não revelar isso ao irmão por enquanto. Assim Sam adquire poderes de anjo sem ter ciência deles. Vale mencionar a boa interpretação de Jared Padalecki (Sam) quando seu personagem oscila entre Sam e Ezequiel, é muito evidente e fácil de notar quando é um ou outro, sem necessidade de efeitos ou quebra de enquadramento.

2-  Castiel vaga perdido por cidades mendigando enquanto Sam e Dean o procuram, além disso, precisa sobreviver a perseguição constante dos anjos.

Nota:6,5/10

mrvg-recruta (1)

 

 

Comentários

Sem Spoiler Por favor.