Review: Transformers – A Era da Extinção.

4e31bc69597136ea6be76f4c04702575

Transformers: A Era da Extinção.

De Michael Bay.

Com: Mark Wahlberg, Stanley Tucci, Kelsey Grammer, Nicola Peltz, Jack Reynor, Titus Welliver, Sophia Myles, Bingbing Li, T.J. Miller.

Não é nenhum mistério que o cinema tem muitas outras finalidades alem do entretenimento. Os mais críticos podem apontar a sétima arte como mais uma ferramenta da publicidade com o único intuito de vender produtos. Que o diga a Disney, com seus Carros, Aviões e outros infinitos personagens/produtos. Seguindo esse raciocínio a Hasbro tem nos filmes de Transformers com seu comercial de duas horas e meia.

Intenções secundárias a parte, Michael Bay traz mais um filme dos robôs gigantes. Desta vez sem Shia LaBeouf e cia, e com o elenco totalmente renovado Era da Extinção mostra os Autobots sendo perseguidos pelos humanos, em represália aos acontecimentos em Chicago no ultimo filme, alem de outros alienígenas caçadores de recompensas. Optimus Prime, que estava escondido em um cinema abandonado (!?), é encontrado pelo cientista Cade Yeager, que com sua filha (a musa de vez) resolvem ajudar os alienígenas.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=BcVlQy5aUQg?rel=0]

Na pratica Michael Bay apenas trocou as variáveis, a formula continua a mesma. Tudo o que se pode esperar de um filme do diretor, e da serie, estão la. E tome câmeras contra luz, personagens que parecem estar o tempo todo suados e, claro, explosões. E tudo no filme, desde seu inicio, não faz muito sentido, Cade passa de um fazendeiro no interior do Texas a cientista com direito a óculos e jaleco branco, ou ainda, como os Dinobots, novidade do filme, são rapidamente domesticados pelos Autobots? Embora ver robôs samurais gigantes e robôs montados em dinossauros sempre seja legal, Era da Extinção sobrecarrega o expectador com uma cena de ação querendo ser mais gigante que a anterior alem de ser um filme excessivamente longo.

Mas vale registrar que visualmente o filme continua impecável, uma qualidade que existe desde o primeiro filme, com excelentes efeitos visuais e fica a dica hidrate-se antes de este filme. Já foi dito uma vez e será repetido, caso você não seja fã da serie, fique ainda com Circulo de Fogo.

Nota: 6,5/10

Adicionar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *